Bienvenue sur mon tumblr
Clique acima para navegar pelo meu tumblr.
"A coisa mais importante que se pode aprender é amar, e em troca amado ser" - Moulin Rouge
Carol, 15 anos.
Twitter Facebook

"Ela adorava bares, mares e olhares. Qualquer coisa que poderia lhe dar a ilusão do infinito"

Pergunte-me!
Fale comigo, pergunte, peça conselhos, elogie, sinta-se a vontade!

Recomendo
Anna | Meu mundo | Unfeeling | Menina irritante | The serial killer

Créditos
Base retirada do Blogskins
Totalmente adaptado por anna
Obrigada!
Titulo aqui


E nesses desepero em que me sinto, já cheguei a tal ponto de me trocar diversas vezes por você só pra ver se te encontro.



(via caleidoscopio-sem-cores)




Na vida, apenas uma coisa é certa, além da morte e dos impostos. Não importa o quanto você tente, não importa se são boas suas intenções, você cometerá erros. Você irá machucar pessoas. E se machucar. E se algum dia você quiser se recuperar… Há apenas uma coisa que pode ser dita… Esquecer e perdoar. É isso que dizem por aí. É um bom conselho, mas não muito prático. Quando alguém nos machuca, queremos machucá-los de volta. Quando alguém erra conosco, queremos estar certos. Sem perdão, antigos placares nunca empatam, velhas feridas nunca fecham. E o máximo que podemos esperar é que um dia tenhamos a sorte de esquecer”.
Grey’s Anatomy.  (via capitule)

(Source: jenniluglio, via caleidoscopio-sem-cores)

| Saturday July 19th 2014



(via photos-and-bitterness)




(via photos-and-bitterness)




Se afaste de tudo aquilo que tira o sorriso do seu rosto, não sofra sem necessidade.
Paris 1995.  (via sonhavas)

(Source: antipoetico, via sonhavas)

| Saturday July 19th 2014



(via c-isnenegro)




Mais uma noite desgastante, mais uma noite com homens estranhos. Delineador marcando meus olhos, batom bem vermelho. Cabelos soltos e uma roupa bem decotada e justa. Fazia 2 anos dessa vida, quando descobriram que eu estava vivendo assim me perguntaram o porque e eu não pude responder. Não pude. Ninguém entenderia meus motivos. Eu tinha 16 anos quando fugi de casa, não sabia o que fazer, eu queria ser livre, queria acabar com a guerra em minha mente… Acabei me prostituindo para me alimentar. Assim eu comecei a criar uma nova eu. Uma vadia sem coração, sem sentimentos. Uma pessoa amarga com a vida e cada vez mais presa em sua loucura. Isso é uma maldição. Estou presa em meus devaneios. Sou uma garota incomum, sem moral e personalidade, feita para esse trabalho. Eu nasci para ser uma mulher desejada. Uma beleza que prejudicou minha própria proteção. Me perdi no mundo, uma criança assustada tendo que ser uma mulher num mundo estranho. Aprendi a dar prazer mesmo não querendo, junto com as drogas e bebidas, isso ajuda a tirar a solidão de mim. Eu cheguei ao fim da minha vida, um anjo jogado no inferno.
She sells love to another men.  (via sonhavas)

(via sonhavas)

| Saturday July 19th 2014



(via die-bornto)




minuty:

.

minuty:

.

(Source: soothing-ginseng, via garottodevans)


Página 1 de 809 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »